fbpx

Foto-16-03-15-20-45-48

Na noite do dia 12 de março, quinta-feira, no Restaurante Moinhos do Vale, em Blumenau aconteceu a Abertura do Ano Maçônico para aquela região e que contou com aproximadamente 300 Irmãos, cunhadas e convidados.

IMG_0016

Mesa das autoridades. Da esquerda para a direita: os Irmãos João Eduardo Noal Berbigier, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina; Wagner Sandoval Barbosa, Grão-Mestre do Grande Oriente do Brasil – Santa Catarina; Paulo Kriegbaum, presidente da Somar; Napoleão Bernardes, prefeito de Blumenau; e Paulo Sventnickas, Grão-Mestre do Grande Oriente de Santa Catarina.

Foto-16-03-15-20-44-21

Irmão Michel abrindo o evento.

Esta Sessão Pública foi organizada pela SOMAR, Sociedade Maçônica Reginal, presidida pelo Irmão Paulo Kriegbaum, presidente da SOMAR, e a condução dos trabalhos foi realizada pelo Irmão Michel. Teve a participação efetiva das três potências Maçônicas catarinense e contou com a presença de autoridades maçônicas, civis e militares.

Foto-16-03-15-20-44-26

Irmão Napoleão Bernardes, prefeito de Blumenau fala aos presentes.

Discursaram o Irmão Napoleão Bernardes, prefeito de Blumenau; o Irmão João Eduardo Noal Berbigier, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina, que falou em nome dos Grão-Mestres João Paulo Sventinickas, do Grande Oriente de Santa Catarina e Wagner Sandoval Barbosa, do Grande Oriente do Brasil – Santa Catarina; e também o Irmão Paulo Kriegbaum.

IMG_0054

Irmão João Eduardo Noal Berbigier, Grão-Mestre de Santa Catarina destacando a rede Somar e o projeto Corrupção Nunca Mais.

IMG_0064

Irmão Paulo Kriegbaum, presidente da rede Somar, de Blumenau, destaca os objetivos.

O Irmão Paulo Kriegbaum enalteceu o trabalho conjunto dos poderes constituídos dos munícipios da região com a Maçonaria e que o Observatório Social busca otimizar o uso dos recursos públicos em benefício da comunidade.

Foto-16-03-15-20-44-16

O ponto alto da noite foi a palestra “Pela transparência e qualidade na aplicação dos recusos públicos” feita pelo Irmão Nei da Nóbrega Ribas e a Senhora Roni Enara, do Observatório Social do Brasil, de Curitiba. Eles explicaram o que é o “Observatório Social”, como funciona, como age, os seus resultados práticos, como se constitui um e, também, a amostragem de sua carta de identidade.

IMG_0067

O palestrante, Irmão Nóbrega Ribas fala sobre o tema, com a ajuda da Senhora Roni Enara, e destaca o papel Observatório Social.

Alguns slides dessa palestra podem ser conferidos clicando aqui.

A seguir mais algumas fotos que ilustram esta noite especial na cidade de Blumenau.

IMG_0037

IMG_0038

IMG_0039

IMG_0040

IMG_0041

IMG_0042

IMG_0028

IMG_0029

IMG_0030

IMG_0031

IMG_0032

IMG_0033

IMG_0034

IMG_0035

IMG_0036

Foto-16-03-15-20-44-34

Foto-16-03-15-20-44-37

Foto-16-03-15-20-44-49

Autoridades tomam assento junto com o público para assistir a palestra.

Foto-16-03-15-20-44-47

Foto-16-03-15-20-44-52

Palestrante recebe um mimo.

Foto-16-03-15-20-46-02

O botton.

Foto-16-03-15-20-44-55

Botton entregue ao Irmão Berbigier.

Foto-16-03-15-20-45-01

O palestrante encena personagem que trás uma luz de esperança para a sociedade.

Foto-16-03-15-20-45-09

Foto-16-03-15-20-45-12

Botton para a mulher.

Foto-16-03-15-20-45-15

Botton para a criança.

Foto-16-03-15-20-45-17

Botton para o trabalhar.

Foto-16-03-15-20-45-20

Simbolicamente toda a sociedade estaria livre da corrupção.

Foto-16-03-15-20-45-23

Foto-16-03-15-20-45-26

Foto-16-03-15-20-45-29

Foto-16-03-15-20-45-31

Foto-16-03-15-20-45-35

Foto-16-03-15-20-45-39

Foto-16-03-15-20-45-42

Foto-16-03-15-20-45-45

Foto-16-03-15-20-45-48

Foto-16-03-15-20-45-51

Foto-16-03-15-20-45-54

Foto-16-03-15-20-45-56

Foto-16-03-15-20-45-59