No dia 1º de setembro, a ARLS Fraternidade Blumenauense n. 6, de Blumenau, comemorou seus 70 Anos de Fundação.

A Comitiva da Grande Loja de Santa Catarina foi composta pelos Irmãos:

  • Flávio Rogério Pereira Graff, Grão-Mestre
  • Paulo Augusto Meira de Albuquerque, Deputado do Grão-Mestre
  • João Eduardo Noal Berbigier, Ex-Grão-Mestre
  • Airton Edmundo Alves, Ex-Grão-Mestre
  • José Domingos Gavioli, Grande 2º Vigilante
  • Anderson Redinha Malgueiro, Ex-Deputado do Grão-Mestre
  • Rafael de Mello, Grande Secretário Guarda-Selos
  • Gil Nazareno Losso, Grande Tesoureiro
  • Orlando de Oliveira Reis, Grande Secretário de Relações Exteriores
  • Gilberto José Graff, Secretário do Grão-Mestrado
  • Wilson Antônio Steinwandter, Assessor Especial do Grão-Mestre de Comunicação Institucional
  • Niralci da Silveira, Assessor para Expansão do 16º ao 23º Distritos Maçônicos

Prestigiaram, também, as seguintes autoridades maçônicas:

  • Irmão Antonio Poffo, Venerável Mestre da ARLS Obreiros do Salomão n. 39
  • Irmão Caio Marcelo Debossan, Venerável Mestre da ARLS Cavaleiros da Luz n. 46
  • Irmão Cassiano Casas, Venerável Mestre da ARLS Fraternidade e Justiça n. 70
  • Irmão Fauzi Abdel Aziz, Venerável Mestre da ARLS Giuseppe Garibaldi n. 111
  • Irmão Fernando Lobato, Venerável Mestre da ARLS Elimar Baumgarten n. 101
  • Irmão Fernando Miroski Dutra, Venerável Mestre da ARLS Acácia Itajaiense n. 1
  • Irmão José Abel do Nascimento, Venerável Mestre da ARLS Templários da Arte Real n. 44
  • Irmão Marcelo Gonçalves da Luz, Venerável Mestre da ARLS Loja Luz e Verdade n. 134
  • Irmão Mário Volkmann, Venerável Mestre da ARLS União do Vale n. 69
  • Irmão Maurício José Girardi, Venerável Mestre da ARLS Loja Acácia Riosulense n. 95
  • Irmão Miguel Angelo Soar, Venerável Mestre da ARLS Luz, Paz e Fraternidade n. 71
  • Irmão Roberto Hansen, Venerável Mestre da ARLS Caminhos da Verdade n. 92
  • Irmão Rodrigo Fructuoso, Venerável Mestre da ARLS Luz do Universo n. 116
  • Irmão Simão Baldoino Weber, Venerável Mestre da ARLS União Indaialense n. 36
  • Irmão Valdir Lino dos Santos, Venerável Mestre da ARLS Ação e Fraternidade Gasparense n. 26
  • Irmão Ricardo Guilherme Radunz, Delegado do Grão-Mestre para o 20º Distrito Maçônico
  • Irmão Valério Steil Filho, Delegado do Grão-Mestre para o 21º Distrito Maçônico
  • Irmão Alexandre de Campos, Delegado do Grão-Mestre para o 22º Distrito Maçônico

 

A história da ARLS Fraternidade Blumenauense n. 6 pode ser conferida neste link.

O cerimonialista, Irmão Rodrigo Michel Merini deu boas vindas aos convidados, …

… e solicitou entrada ao Pavilhão Nacional, …

… conduzido pelo Irmão Sandro Ervino Wolframm… 

… acompanhada da bandeira de Santa Catarina, conduzida por um sobrinho DeMolay,…

… da bandeira de Blumenau, conduzida por uma sobrinha Filha de Jó Internacional,…

…e do Estandarte da ARLS Fraternidade Blumenauense n. 6, conduzida pelo Irmão Rael Belli.

Solicitou a execução do Hino Nacional.

Posteriormente, o Livro da Lei foi aberto pelo Irmão Juliano Guilherme Petry, que leu o Salmo 90, 9-10: “Sim, todos os nossos dias dissipam-se diante do teu furor, findamos os anos como um suspiro. Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando“.

Homenagem à Ala Feminina da Fraternidade Blumenauense. A cunhada Ana Ieda Rodrigues da Silva, uma das fundadoras da cinquentenária Ala Feminina foi homenageada em nome de todas as cunhadas que têm servido de exemplo de força e resiliência.

 A Cunhada Ana recebeu flores da cunhada Tatiane do Nascimento Kloepfel, esposa do Irmão Paulo Kloepfel Neto, Venerável Mestre da Loja Fraternidade Blumenauense n. 6…

… e certificado de agradecimento pelos relevantes serviços prestados, das mãos do Irmão Paulo Kloepfel Neto.

A cunhada Ana da Silva leu o certificado, fez um agradecimento à todas as cunhadas da “Ala Feminina” e se emocionou, conforme áudio a seguir. 

 

Homenagem ao saudoso Irmão Elimar Baumgarten, o maior ícone da Loja Fraternidade Blumenauense n. 6, que é motivo de orgulho para a Maçonaria de Santa Catarina e representa o ideal de maçom, daquele que sacrifica do seu tempo livre para a construção de uma sociedade mais justa e solidária. 

O saudoso Irmão Elimar Baumgarten foi iniciado em 6 de outubro de 1956, na ARLS Fraternidade Blumenauense, onde exerceu todos os cargos em Loja, tendo sido, em várias oportunidades, seu Venerável Mestre.

Na Grande Loja de Santa Catarina exerceu vários cargos. Foi eleito Adjunto dos Sereníssimos Grão-Mestres Xaver Arp Drolshagen e Nivaldo Detoie. Neste período, em 1971, exerceu o cargo de Grão-Mestre.

O Irmão Elimar Baumgarten empresta seu nome à Medalha conferida pela Grande Loja de Santa Catarina aos maçons que completam 50 anos de trabalhos maçônicos. O Irmão Baumgarten dá seu nome, ainda, a uma Loja na cidade de Timbó, que recebeu o número 101, da Grande Loja de Santa Catarina.

Em sua atuação na Grande Loja de Santa Catarina, o Irmão Baumgarten sempre esteve ladeado de seu grande amigo e parceiro Irmão Wilson Filomeno, outro ícone, a quem também foi rendido homenagem nesta noite, somado à ele, os valorosos e muito importantes para todos. O Irmão Filomeno só não pode estar presente por motivos de saúde.

Entrega da Honraria Hellmuth Lauterjung aos Irmãos mais experientes e a mais tempo trabalhando em Loja, pelo trabalho e dedicação não só à Fraternidade, mas sim à Maçonaria Universal, à sociedade e ao país.

Primeiro Venerável Mestre da Loja Fraternidade Blumenauense, Hellmuth Lauterjung nasceu em 24 de maio de 1917, em Timbó, e era filho de Walter Lauterjung e Gertrudes Lauterjung. Comerciante, era casado com a Cunhada Ingeborg Marta Lauterjung, com quem teve dois filhos. Na Maçonaria foi iniciado em 20 de janeiro de 1951, na ARLS Acácia Itajaiense n. 1. Foi fundador da Loja Fraternidade Blumenauense em 2 de setembro de 1952, sendo seu primeiro Venerável Mestre, sendo reeleito em 15 de maio de 1953, exercendo o cargo até 24 de julho de 1953. Pela Loja Fraternidade Blumenauense, participou da fundação do Lions Club Blumenau e do Grupo de Escoteiros Leões de Blumenau.

Esta primeira edição homenageia Irmãos que contribuíram durante sua vida maçônica com atuações junto a entidades paramaçonicas como Ordem Demolay, Ordem Internacional das Filhas de Jó e também atividades sociais junto ao Centro Social de Convivência, o Cecon. Receberam a Honraria os Irmãos Carlos Luis Bittencourt, Cirineu Bonin, Luiz Rogério de Carvalho, Telmo Tadeu Cardoso Vieira e Valdir Anselmo Petry.

Da esquerda para a direita, os Irmãos Carlos Luis Bittencourt, Valdir Anselmo Petry, Cirineu Bonin e Telmo Tadeu Cardoso Vieira. 

O Irmão Luiz Rogério de Carvalho, segundo Obreiro mais antigo em atividade e atualmente Obreiro da Loja Universo III n. 77, de Florianópolis, não pode estar presente por problemas pessoais e de saúde de sua esposa. A Medalha será entregue em momento oportuno.

O Irmão Luiz Rogério de Carvalho foi iniciado na Loja Fraternidade Blumenauense em 25 de novembro de 1961, ou seja, há 60 anos.  Está com 84 anos de idade e mesmo não morando mais em Bumenau, ainda é um maçom ativo. Uma curiosidade, ele esteve presente na iniciação do Irmão Wilson Filomeno.  Que seu exemplo de longevidade maçônica e amor à nossa Ordem sirvam de exemplo a todos nós.

 

Grão-Mestre e Venerável Mestre entregaram a Honraria aos Irmãos Carlos Bittencourt, Valdir Petry, Cirineu Bonin e Telmo Vieira.

A Loja-mãe da Loja Fraternidade Blumenauense n. 6, a ARLS Acácia Itajaiense n. 1, também foi homenageada, recebendo a Comenda do Mérito da Fraternidade Blumenauense, que foi entregue ao Irmão Fernando Miroski Dutra, Venerável Mestre.

Já centenária, a ARLS Acácia Itajaiense foi fundada em 24 de Junho de 1911, graças ao movimento de um grupo de maçons residentes em Itajaí que resolveram por bem dar início à uma Loja naquela cidade. Seu primeiro Venerável Mestre foi o Irmão Américo da Silveira Nunes.

A agremiação iniciática reuniu proeminentes cidadãos, inclusive com destaque na política catarinense, até abater colunas, por ordem do Estado Novo, entre 1937 e 1949. Três anos depois, a Loja Acácia Itajaiense veria nascer, entre suas colunas, a Loja Fraternidade Blumenauense, inicialmente também filiada à Grande Loja do Rio Grande do Sul, da qual recebeu o n. 51. As duas lojas viriam participar da fundação da Grande Loja de Santa Catarina, que contou com nada menos que cinco obreiros da Acácia Itajaiense como Grão-Mestres, dentro os quais o Irmão Wilson Filomeno.

O Irmão Flávio Rogério Pereira Graff, Grão-Mestre, recebeu a Comenda do Mérito da Fraternidade Blumenauense das mãos do Irmão Paulo Kloepfel Neto, Venerável Mestre da Loja Fraternidade Blumenauense n. 6.

Todos os agraciados.

Seguindo o cerimonial, aconteceram os pronunciamentos protocolares.

O Presidente da Comissão das Celebrações de 70 Anos da Loja Fraternidade Blumenaunse n. 6, Irmão Fabiano Raimundo da Silva, foi o primeiro a se manifestar, conforme áudio a seguir:

 

O áudio das palavras do Irmão Paulo Kloepfel Neto pode ser conferido abaixo:

 

Durante a sua fala, o Venerável Mestre fez uma homenagem, entregando um mimo, ao Irmão Fabiano Raimundo da Silva, Presidente da Comissão das Celebrações de 70 Anos da Loja Fraternidade Blumenaunse n. 6.

O Irmão Flávio Graff, Grão-Mestre, se manifestou sobre os 70 Anos da Loja Fraternidade Blumenauense n. 6, conforme áudio a seguir.

 

 

Durante sua fala pediu para os Irmãos da Loja Fraternidade Blumenauense n.6, se postarem à frente do palco e de frente para os convidados, …

… destacou o excelente trabalho realizado no dia a dia de sua loja, enaltecendo a maravilhosa organização deste evento de celebração de aniversário da Loja Fraternidade Blumenauense n. 6.

Em seguida, chamou as cunhadas para também se juntar aos seus esposos, companheiros, agradecendo a elas o apoio e enaltecendo a importância da mulher na família maçônica.

 

Chamou o Irmão Berbigier, Ex-Grão-Mestre, acompanhado dos Irmãos Airton Alves, Ex-Grão-Mestre e Paulo Albuquerque, Deputado do Grão-Mestre, para entregar placa da Grande Loja de Santa Catarina para o Venerável Mestre, Irmão Paulo Kloepfel Neto.

O Grão-Mestre concluiu sua fala pedindo para que cada Irmão agradecesse à sua esposa, companheira, namorada, noiva, … “por incentivar que nós venhamos nos encontrar nos nossos Templos, que nós trabalhemos a Maçonaria, que nós trabalhemos o nosso caráter moldando a cada dia um ser melhor, internalizando esse sentimento em cada um de nós até o futuro da fraternidade da vida”. Solicitou uma salva de palmas para os Irmãos e cunhadas da família da Loja Fraternidade Blumenauense n. 6. Desejou vida longa à Loja Fraternidade Blumenauense e encaminhou o brinde.

O Venerável Mestre, Irmão Paulo comandou brinde, conforme áudio a seguir, e encerrou a celebração.

 

Depois, foi oferecido um jantar de confraternização.

Todas as fotos deste evento podem ser conferidos clicando aqui.

 

 

 

error: Este conteúdo está protegido. É proibido a sua cópia.