Entrevista-Grao-Mestre-Jornais-Criciuma

Jornalistas de Criciúma entrevistaram na quinta-feira, 14 de agosto, o Irmão João Eduardo Noal Berbigier (a direita), Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina, que comentou sobre o XLVII Encontro do Dia do Maçom que está sendo realizado naquela cidade, bem como sobre a campanha “Voto Cidadão” que a Grande Loja de Santa Catarina está promovendo. O Irmão Flávio Rogério Pereira Graff (segundo da direita para a esquerda), Deputado do Grão Mestre, o acompanhou nesta entrevista. O jornal Diário de Notícias publicou na sexta-feira e o Jornal da Manhã neste sábado. A repercussão foi altamente positiva.

Entrevista-Grao-Mestre-capa-Diario-de-Noticias-Criciuma-15ago2014 Entrevista-Grao-Mestre-Diario-de-Noticias-Criciuma-15ago2014

A jornalista política Karina Manarin, do jornal Diário das Notícias, publicou em sua coluna, no jornal Diário de Notícias o texto com o título de “Maçons mobilizam-se pelo voto consciente”: “Serão cerca de 1,2 mil maçons de vários municípios de Santa Catarina e convidados de outros Estados reunidos a partir de hoje em Criciúma. O Encontro do Dia do Maçom é tradicional para a confraternização das famflias mas, neste ano, as atenções da Ordem estão concentradas também nas eleições. O Grão Mestre João Eduardo Noal Berbiguier, em entrevista coletiva à imprensa, pouco antes da abertura do evento, vai abordar a Carta de Belo Horizonte. O documento foi aprovado no dia 30 de julho pelos 27 Grão-Mestres presentes à Assembleia Geral da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil e visa a campanha pelo voto consciente e o combate à corrupção. Entre os itens sugeridos na carta, o apelo para que não se venda o voto e que não o dedique por egoísmo ou  interesse próprio, mas com ênfase em melhorias conjuntas. A Maçonaria faz nobre tentativa de resgatar o verdadeiro sentido da política, a preocupação com o coletivo, não com o individual. A campanha “voto cidadão” pode ser verificada por quem passa em frente a sede da Grande Loja em Santa Catarina, localizada em Florianópolis. Por lá, foram colocadas faixas tendo por base o texto da carta de Belo Horizonte. Aos poucos, a campanha toma forma em todas as lojas espalhadas pelo Brasil”.
Entrevista-Grao-Mestre-Jornal-da-Manha-Criciuma-15ago2014

O Jornal da Manhã dedicou-se em falar sobre o XVLII Encontro do Dia do Maçom, mas também citou a campanha “Voto Cidadão: “Evento anual da irmandade acontece pela quarta vez no município, em prol da integração e debate de assuntos importantes. Em alusão ao Dia do Maçom, celebrado em 20 de agosto, membros da irmandade de todo o Estado e outras regiões do Brasil se concentram em Criciúma neste fim de semana A expectativa é que 1.2 mil pessoas compareçam nas festiividades. Esta é a quarta vez que o município sedia o evento, que é considerado o principal da maçonaria em Santa Catarina. A 47ª edição do Encontro do Dia do Maçom iniciou na noite de sexta-feira, com a integração entre os participantes. No sábado. também haverá um baile. “Nos encontramos para celebrar a fraternidade, o baile de sábado será conduzido conforme a ritualística maçônica, com os trajes de gala”, enaltece João Eduardo Noel Berbigier, grão-mestre da Grande Loja de Santa Catarina. Carta de Belo Horizonte. O encontro também servirá para a divulgação da Carta de Belo Horizonte, elaborada em julho durante a última assembleia geral ordinária realizada na capital mineira. O oficio expõe a preocupação da irmandade diante dos rumos da política brasileira, reiterando a importância do voto consciente. “Esse é ano de eleição. Os maçons são ardorosos defensores da democracia, lutamos no mundo inteiro sem nenhuma cor partidária. O foco do trabalho é na conscientização do voto, que é capaz de mudar o destino das nossas cidades, estados e do pais”. expõe Berbigier. Além da importância do voto, durante a assembleia de sábado será passado aos presentes os planos de elaboração de uma lei iniciativa popular que enquadra a corrupção como crime de lesão à pátria. “Agora é um momento de virada, de restabelecer a política como uma ciência. Com toda essa campanha realizada talvez não consigamos tudo o que desejamos, mas talvez dê para clarear algumas cabeças”, conta o grão-mestre.

error: Este conteúdo está protegido. É proibido a sua cópia.