Durante sessões ordinárias, os vereadores de Chapecó votaram e aprovaram projetos de lei de autoria do vereador André Kovaleski (PL). Um deles institui o Dia Municipal das Filhas de Jó e o outro reconhece a prática da atividade física, como essencial à saúde da população de Chapecó. Os dois seguem para sanção do prefeito João Rodrigues (PSD).

O Dia Municipal das Filhas de Jó no Município de Chapecó será celebrado no dia 09 de março de cada ano. Na justificativa do projeto, consta que “A Ordem das Filhas de Jó Internacional” foi criada no dia 20 de outubro de 1920, nos Estados Unidos, pela senhora Ethel Theresa Wead Mick, que nasceu no dia 9 de março de 1881, na cidade de Atlantic, Iowa, filha de William Henry Wead e Elizabeth Delight Hutchinson Wead, a mais nova dos filhos do casal. A mãe, religiosa, lia todas as noites trechos da Bíblia, fazendo sempre referência ao Livro de Jó, fato este que influenciou, no futuro, a criação da Ordem.

O PL ainda explica que “A Ordem das Filhas de Jó” inspira o desejo pelo conhecimento, ensina o amor a Deus e às Escrituras Sagradas, lealdade à bandeira e ao país que ela representa, respeito aos pais e mais velhos e o trabalho filantrópico. “Vale ressaltar a presença da Ordem em Santa Catarina, inclusive em Chapecó há 23 anos, e seu significativo trabalho para a comunidade, é proveitoso aprovar iniciativas que valorizem essas ações”, lembrou Kovaleski.

Já no outro projeto de lei, fica reconhecida a prática da atividade física, orientada por profissional de Educação Física, realizada em espaços públicos ou privados, como essencial à saúde da população de Chapecó, com o objetivo de manter ou melhorar a aptidão física, prevenir e tratar doenças.

O vereador avisa que o exercício das atividades previstas na lei não estarão sujeitos a suspensão ou interrupção, mesmo em períodos de estado de calamidade pública ou tempos de crises ocasionadas por moléstias contagiosas, cabendo ao Poder Executivo estabelecer protocolos e normas sanitárias a serem seguidos. 

Fonte: Câmara Municipal de Chapecó

error: Este conteúdo está protegido. É proibido a sua cópia.