Foto 17-03-16 17 56 15

No dia 16 de março foi realizado a Sessão Magna Pública de Abertura do Ano Maçônico de 2016, no Restaurante Moinhos do Vale, na cidade de Blumenau. Esta Sessão, presidida pelo Wilson Dechamps, Presidente da Somar Regional de Blumenau, contou com a presença de 300 Irmãos, cunhadas, sobrinhos e convidados.

Foto 17-03-16 17 54 25

Da esquerda para a direita, a mesa diretora foi formada pelos Irmãos Jean Kulmann, representando a Assembleia Legislativa de Santa Catarina; João Paulo Sventnickas, Grão-Mestre do Grande Oriente de Santa Catarina; João Eduardo Noal Berbigier, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina; Wilson Dechamps, Presidente da Somar Blumenau; Adalberto Aluísio Eyng, Grão-Mestre do Grande Oriente do Brasil – Santa Catarina; e Napoleão Bernardes, Prefeito de Blumenau.

Foto 17-03-16 17 54 18

A condução dos trabalhos foi realizada pelo Irmão Jean Carlo Michel, do Grande Oriente do Brasil – Santa Catarina, que fez um breve retrospecto da origem da Somar, lembrou que a abertura do Ano Maçônico em Santa Catarina foi realizada pela primeira vez em Blumenau e disse estar muito satisfeito porque as demais regiões do estado passaram também a fazer esse evento anualmente. Passou a palavra ao prefeito de Blumenau.

Foto 17-03-16 17 54 51

O Irmão Napoleão Bernardes agradeceu pela honra de mais uma vez Blumenau ter o privilégio de realizar esse evento. Destacou a liderança dos Grão-Mestres das três Potências Maçônicas que nos orgulham pelo exemplo de conduta e de otimismo. Disse estar com o coração apertado pela situação que passa nosso país, que é um momento triste em virtude do escárnio e deboche para com a sociedade brasileira depois das manifestações do último domingo e que não podemos concordar com a política “do quanto pior melhor”. Disse que esses fatos são um chamado para a transformação social e que esse chamado seja para uma participação mais ativa de todos. A política deve ser exercida por vocação e que sejamos cada vez mais unidos para buscar a mudança que tanto precisamos. Espera que os fatos ocorridos hoje não sirvam para nos afastar da política e que sejamos capazes de lutar com paixão pelos nossos ideais a começar pelo ano que se inicia.

Foto 17-03-16 17 55 08

O Irmão João Eduardo Noal Berbigier, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina, disse que sempre há esperança, apesar do momento difícil em que vive a sociedade brasileira. Que a esperança está nos jovens valores DeMolays e de Filhas de Jó e que precisamos investir neles. Citou o Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Distrito Federal, Irmão Cassiano Teixeira Morais, que chegou ao Grão-Mestrado com apenas 36 anos de idade, o mais jovem Grão-Mestre do mundo. Disse que a Maçonaria nos dá todos os subsídios necessários. Que não devemos perder a oportunidade diante da crise para aprender o que devemos fazer. Falou sobre sua ida a Havana, em Cuba, onde aconteceu uma reunião da Confederação Maçônica Interamericana, a CMI, e falou sobre as dificuldades que enfrentam para desenvolver seus trabalhos. Que apesar de faltar quase tudo, não falta a solidariedade. Eles resistem a tudo. Não se curvam em hipótese alguma e fazem o que podem. Comentou que aqui muitos perguntam o que a Maçonaria faz. E afirma que a Maçonaria faz apenas o que os Maçons fazem. Disse que pretende levar o modelo da Somar para a CMI, em abril de 2017, para sugerir a implementação em outros estados brasileiros e/ou outros países que integram a CMI. Rogou que tenhamos esperança, otimismo e disposição para enfrentarmos os desafios que surgem a cada dia. Finalizou desejando que possamos honrar nossos aventais e desempenhar nosso trabalho de acordo com nossos princípios nesse ano que se inicia com as bênçãos do Grande Arquiteto do Universo.

Foto 17-03-16 17 55 22

O Irmão João Paulo Sventnickas, Grão-Mestre do Grande Oriente de Santa Catarina, iniciou falando sobre o momento político em que vivemos. Disse que iniciamos cantando o hino nacional como gesto de comprometimento e respeito a nossa pátria, que os últimos acontecimentos desrespeitam nossos símbolos e que são episódios tristes e vergonhosos. Mas que diante de uma plateia tão representativa da sociedade, com autoridades maçônicas, civis e militares ainda há esperança sim. Apesar do desvirtuamento da sociedade ainda há esperança. Afirmou que precisamos mais do que nunca estarmos unidos, que se os bons se calarem sobrará espaço e esse espaço será inevitavelmente ocupado por alguém. Comentou que precisamos trabalhar de forma incansável em favor a nossa Pátria e a Somar está fazendo isso. A Somar e os Observatórios Sociais serão sempre bem-vindos para os governantes de bem. Desejou a todos um ano de sucesso e profícuo trabalho em benefício de toda a sociedade.

Foto 17-03-16 17 54 57

O Irmão Adalberto Aluísio Eyng, Grão-Mestre do Grande Oriente do Brasil – Santa Catarina, começou dizendo “como é bom nos reunirmos como Irmãos”. Disse estar com dor no coração pelos fatos registrados hoje e que cada um de nós deverá mostrar o que somos para a sociedade. É momento de reafirmarmos nossos princípios e temos mais um desafio para a sociedade, não podemos perder a esperança e é preciso materializar nossos projetos através de ações. Temos capacidade para revolucionar a sociedade como formadores de opiniões que somos e temos compromisso com a sociedade. A Somar é um orgulho para todos nós e precisamos acreditar em nosso potencial. Incentivou o combate a corrupção e que não fiquemos só nas manifestações, mas devemos atuar mais efetivamente e todas as frentes. Participar dos observatórios sociais, da Somar e da Fundação Hermon. Cada um deve fazer o que for possível, dar o seu melhor e não ficar passivamente assistindo o que está acontecendo. Precisamos trabalhar de forma irmanada para deixar um legado digno aos nossos descendentes. Rogou por fim que o Grande Arquiteto do Universo nos dê a sabedoria necessária em prol da sociedade.

Foto 17-03-16 17 55 25

O Irmão Wilson Dechamps, Presidente da Somar Regional de Blumenau, disse estar muito feliz porque outras unidades Somar estão sendo criadas em diversas regiões de Santa Catarina e destacou Rio do Sul, Jaraguá do Sul e Balneário Camboriú como sendo as próximas. A Somar foi criada de forma despretensiosa, hoje é uma grata realidade, cumpre papel muito importante junto à comunidade e atua com ações supra partidárias. Convidou a todos para o trabalho, que a cada ano mais desafios surgirão e precisamos resgatar o respeito a família. Afirmou que hoje 17% dos jovens de 17 a 21 anos estão desempregados. Não podemos perder a esperança e nem o entusiasmo. Concluiu dizendo que cada um de nós deve fazer sua parte e que “apenas um raio de sol é capaz de diminuir parte da sombra”, portanto uma ação por menor que seja irá ajudar.

Foto 17-03-16 17 55 52

O Irmão Jean Carlo Michel encerrou os trabalhos agradecendo a todos pela presença de todos.

A seguir mais alguns registros fotográficos desta Sessão Magna Pública de Abertura do Ano Maçônico de 2016, na região de Blumenau.

Foto 17-03-16 17 54 21

  Foto 17-03-16 17 56 08 Foto 17-03-16 17 56 10 Foto 17-03-16 17 54 29 Foto 17-03-16 17 54 32 Foto 17-03-16 17 54 35

A Honorável Rainha Marcia C. Lino e as Sobrinhas Mary Kock e Sara Aragão do Bethel Keren Hapuc nº 4, de Blumenau, acompanharam a escolta das autoridades

Foto 17-03-16 17 54 38 Foto 17-03-16 17 54 42 Foto 17-03-16 17 54 45 Foto 17-03-16 17 55 38 Foto 17-03-16 17 55 41

Irmaos-Loja_Acao-Fraternidade

Irmãos da Augusta e Respeitável Loja Simbólica Ação e Fraternidade Gasparense nº26: Rodrigo Fructuoso, Renê Paps, Marcelo Brick e Fernando Neves, acompanhados dos Irmãos Marinho Libório e João Eduardo Noal Berbigier, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina.

Foto-21-03-16-19-39-06

Foto-21-03-16-19-39-11Foto 17-03-16 17 56 20

Foto 17-03-16 17 56 00

error: Este conteúdo está protegido. É proibido a sua cópia.