No dia 20 de agosto, aconteceu a Sessão Magna Pública e o encerramento do 53º Encontro do Dia do Maçom, no Centro de Eventos de Balneário Camboriú, com a presença de cerca de 1300 pessoas na Sessão Magna Pública e, no encerramento, com cerca de 1800 Irmãos, cunhadas e convidados. Depois de dois dias reunidos, a Família Maçônica de Santa Catarina dá adeus ao 53º Encontro do Dia do Maçom e já se prepara para o 54º, que será realizado em Criciúma em 2023, no sul catarinense. Após a Sessão Magna Pública, aconteceu o jantar especial de encerramento, a passagem da bandeira para o 54ª Encontro do Dia do Maçom à delegação de Criciúma e o baile de gala com a banda Lino e Orquestra.

Sessão Magna Pública

 

Emocionante e concorrida, a Sessão Magna Branca do 53º Encontro do Dia do Maçom em Balneário Camboriú ampliou entre os participantes a importância do lema do encontro: Superação um Novo Começo. Em cada pronunciamento, a emoção e valorização da vida e o quando é importante estarmos unidos, juntos como irmãos. Numa referência a música trem da vida, os irmãos lembraram que a jornada continua cheia de desafios, sonhos, fantasias, alegrias, tristezas, esperas e despedidas. No entanto, é importante manter um bom relacionamento com todos os passageiros, procurando em cada um o melhor que eles têm para oferecer.

Mesa diretora composta, da esquerda para a direita, pelos Irmãos Nélson Rogério Stähelin, Grande 1º Vigilante da Grande Loja de Santa Catarina; João Eduardo Noal Berbigier, Ex-Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina; Altair Salésio Rodrigues, Grão-Mestre do GOB-SC; Paulo Augusto Meira de Albuquerque, Deputado do Grão-Mestre; Flávio Rogério Pereira Graff, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina; Jaime Schappo, Venerável Mestre desta Sessão; Sérgio Wallner, Grão-Mestre do Grande Oriente de Santa Catarina; Airton Edmundo Alves, Ex-Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina; José Domingos Gavioli, 2º Grande Vigilante da Grande Loja de Santa Catarina; e Paulo Cesar Bernardi,  Presidente da Comissão Organizadora deste evento e Venerável Mestre da Loja Eduardo Teixeira nº 41.

Estiveram nesta Sessão, as seguintes autoridades maçônicas:

  • Irmão Flávio Rogério Pereira Graff, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina
  • Irmão Sérgio Wallner, Grão-Mestre do Grande Oriente de Santa Catarina
  • Irmão Altair Salésio Rodrigues, Grão-Mestre do Grande Oriente do Brasil – Santa Catarina
  • Irmão Paulo Augusto Meira de Albuquerque, Deputado do Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina
  • Irmão Airton Edmundo Alves, Ex-Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina
  • Irmão João Eduardo Noal Berbigier, Ex-Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina
  • Irmão Nélson Rogério Stähelin, Grande 1º Vigilante da Grande Loja de Santa Catarina
  • Irmão José Domingos Gavioli, Grande 2º Vigilante da Grande Loja de Santa Catarina
  • Irmão Paulo Cesar Bernardi, Venerável Mestre da Loja Eduardo Teixeira nº 41 e Presidente da Comissão Organizadora deste evento
  • Irmão Aníbal Marques da Silva Filho, Venerável Mestre da Loja Eduardo Teixeira II nº 80, organizadora deste evento
  • Irmão Carlos Eduardo Bastos, Venerável Mestre da Loja Fraternidade de Itapema nº 104, organizadora deste evento
  • Irmão Darlan Albrecht, Venerável Mestre da Loja Obreiros do Bom Sucesso nº 105, organizadora deste evento
  • Irmão Gunar Cremer, Venerável Mestre da Loja Fraternidade de Bombinhas nº 109, organizadora deste evento
  • Irmão Jaime Schappo, Venerável Mestre desta Sessão
  • Irmão Antonio Francisco Lechiv, Delegado do Grão-Mestre para o 16º Distrito Maçônico da Grande Loja de Santa Catarina
  • Irmão Paulo Roberto Montovani, Delegado do Grão-Mestre para o 17º Distrito Maçônico da Grande Loja de Santa Catarina
  • Irmão Paulo César Bernardi, Presidente da Comissão Organizadora do 53º encontro do Dia do Maçom
  • Irmão Luís Claudio Fraga, Presidente da SOMAR LITORAL
  • Irmão Gustavo Martins Nienkotter, Grande Mestre Estadual do Ordem Demolay para Santa Catarina

Também prestigiaram esta Sessão, as seguinte autoridades civis e militares:

  • Irmão Marcelo Pontes, Comandante Geral da PMSC
  • Irmão Márcio Luiz Colatto, Delegado Regional da Polícia Militar
  • Irmão Nazareno Marcineiro, Ex-Comandante Geral da PMSC

Ocuparam cargos nesta Sessão, os Irmãos:

  • Jaime Schappo, da Loja Eduardo Teixeira II nº 80, como Venerável Mestre
  • Valmor Maito, da Loja Fraternidade de Bombinhas nº 109, como 1º Vigilante
  • Edilson de Oliveira Ferreira, da Loja  Obreiros do Bom Sucesso nº 105,  como 2º Vigilante
  • Anibal Marques da Silva Filho, da Loja Eduardo Teixeira II nº 80, como Orador
  • Charles Douglas Correa, da Loja Eduardo Teixeira nº 41, como Secretário
  • Geraldo Rodrigues Alves Junior, da Loja  Eduardo Teixeira II nº 80, como Porta-Bandeira
  • Luciano Luís Gall, da Loja  Eduardo Teixeira nº 41, como Porta-Estandarte
  • Ervino Pelegrini, da Loja  Eduardo Teixeira nº 41, como 1º Diácono
  • Fábio Antonio Lehmkuhl, da Loja Fraternidade de Bombinhas nº 109, como 2º Diácono
  • Flaimisson Eliézer Scarpini, da Loja Eduardo Teixeira nº 41, como 1º Mestre de Cerimônias
  • Marco Marinho das Chagas, da Loja Eduardo Teixeira II nº 80, como 2º Mestre de Cerimônias
  • Leandro Ivan Pinto, da Loja Eduardo Teixeira II nº 80, como Mestre de Harmonia

 

O Irmão Jaime Schappo, Venerável Mestre, recepcionou o Grão-Mestre, Irmão Flávio Graff, e entregou o malhete.

Ao chegar na mesa diretoria, o Irmão Graff devolveu o malhete para que o Irmão Schappo desse a continuidade aos trabalhos.

Alta administração da Grande Loja de Santa Catarina, Dignitários, Oficiais e Delegados Distritais do Grão-Mestre.

Veneráveis Mestres das Lojas jurisdicionadas da Grande Loja de Santa Catarina.

Irmãos, cunhadas e convidados.

Dando sequência ao Ritual, o Irmão Jaime Schappo, Venerável Mestre, solicitou a entrada do Pavilhão Nacional.

Entrada do Pavilhão Nacional.

Execução do Hino Nacional Brasileiro.

Então, o Irmão Schappo iniciou um diálogo com os Irmãos Valmor Maito, 1º Vigilante; Edilson Ferreira, 2º Vigilante; Anibal da Silva Filho, Orador; e Charles Correa, Secretário; que pode ser conferido clicando aqui. Ao finalizar, o Venerável Mestre solicitou para que o Irmão Pedro Urbano Mayer, da Loja Eduardo Teixeira nº 41, abrisse o Livro da Lei e lesse algum escrito que contivesse e que tocasse a alma de todos. Após ler o Salmo 133, o Irmão Pedro colocou o esquadro e o compasso sobre o Livro da Lei.

A pedido do Venerável Mestre, o Irmão Secretário comentou do que se tratava a Ordem do Dia desta Sessão Magna Pública do 53º Encontro do Dia do Maçom, que disse: “Consta uma narrativa sobre as dificuldades com as quais a população mundial conviveu desde o final do ano de 2019, e ainda convive. Tem por objetivo transmitir a todos os participantes deste Quinquagésimo Terceiro Encontro uma mensagem de Superação. Superação esta que poderemos obter por meio do conhecimento sobre o tudo quanto a que estamos expostos em nossa vida terrena, e alcançar, por meio do aperfeiçoamento de nossas ações”.

Então, o Venerável Mestre iniciou um novo diálogo com os os Irmãos 1º Vigilante, 2º Vigilante, Orador e Secretário. (ler aqui). Ao final, o Irmão Schappo deu por encerrada a Ordem do Dia.

Após solicitar a formação da Guarda de Honra do Pavilhão Nacional, o Venerável Mestre pediu que o Irmão Cristofer Tiemann fizesse a saudação ao Pavilhão Nacional, que pode ser conferida clicando aqui.

Irmão Anibal da Silva Filho, Orador, por solicitação do Venerável Mestre, fez a saudação a todos os participantes destes trabalhos, conforme o áudio a seguir:

 

Na circulação da palavra, o Irmão Paulo Cesar Bernardi, Presidente da Comissão Organizadora do 53º Encontro do Dia do Maçom falou aos presentes. Seu áudio pode ser conferido a seguir:

 

O discurso completo do Irmão Flávio Graff, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina, pode ser conferido no áudio a seguir ou lendo clicando aqui:

 

O Irmão Flávio Rogério Pereira Graff, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina, agradeceu e parabenizou a organização do 53º Encontro do Dia do Maçom realizado em Balneário Camboriú. “Gratidão é uma das grandes verdades espirituais e o desejo vivo de cada um de nós e deve ser pratica em situações em que alguém nos ajuda ou se dedica a uma causa que nos propicia satisfação. Desta maneira e, não poderia ser de outra, nossos cumprimentos e agradecimentos a todos quanto aqui  trabalharam para chegar ao 53º Encontro do Dia do Maçom”, disse o Grão-Mestre.

Somos testemunhas de cada passo e de cada ponto de preocupação e da evolução para que fossem traduzidos nestes belos momentos de fortalecimento da Família da Grande Loja de Santa Catarina e da sublime ordem a qual pertencemos, concretizando-se de fato na superação neste novo período que estamos vivenciando”, completou.

Durante o seu discurso, o Irmão Graff disse que “há uma música cuja letra cabe perfeitamente para todas as lições que as pessoas deveriam ter nas suas vidas, de modo peculiar, em decorrência daqueles caóticos dias que nos afetaram. Ela se chama Trem-bala!”. Neste momento, a sobrinha Maria José, do Bethel 02, de Balneário Camboriú, cantou “Trem bala” ao som do violão de seu Irmão José Agostin, DeMolay do Capítulo Luiz Zaguini nº 151.

Durante a apresentação, o Grão-Mestre fez uma homenagem aos seus pais, o Irmão Gilberto José Graff e a Cunhada Marli Pereira Graff, e para a D. Bernadete, mãe de sua esposa Adriana. O Irmão Flávio Graff se deslocou do palco, passou por onde estava sentada cunhada Adriana Bittencourt Sada Graff, sua esposa, e foi até onde estavam sentados seus pais e sogra, ao som da música Trem bala, de forma sincronizada cantando a estrofe “Segura teu filho no colo:
Sorria e abrace seus pais enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir.”

Ao chegar aonde eles estavam, trocaram abraços e entregaram flores.

Este gesto emocionou e fez muitos derramar lágrimas de gratidão e felicidade por representar uma família bem formada que a todos dá exemplo de vida. A emoção do Grão-Mestre, sua família e toda a família Grande Loja de Santa Catarina marcou o encerramento da Sessão Pública.

Irmão Flávio Graff com seus pais, sogra, sua esposa Adriana, e filhos.

Após, o Irmão Schappo, Venerável Mestre, solicitou ao Irmão Pedro Mayer que procedesse o fechamento do Livro da Lei.

Ao encerrar a Sessão, o Venerável Mestre disse: “Caros presentes. Queremos registrar nossos agradecimentos por todos quantos nos auxiliaram na realização desta Sessão Magna, em especial nossas queridas sobrinhas Filhas de Jó e nossos queridos sobrinhos da Ordem De Molays. Nossos trabalhos estão encerrados”.

Saída das autoridades maçônicas.

Encerramento do 53º Encontro do Dia do Maçom

Após a Sessão Magna Pública, para encerrar o 53º Encontro do Dia do Maçom, os participantes se deslocaram até o salão principal do Centro de Eventos, onde aconteceu a premiação das lojas, a mensagem de encerramento, o anúncio da Cidade Sede do 54º Encontro do Dia do Maçom e consequentemente a passagem da bandeira. E por fim, o jantar dançante com a “Banda Lino e Orquestra”.

O jantar foi oferecido no inicio das atividades de encerramento.

A Loja com maior participação proporcional: Loja Luz e Fraternidade nº 71, de Indaial.

Loja com maior número de participantes: Padre Roma II nº 34, de São José.

 

Loja mais bem caracterizada: Fonte de Luz nº 102, de Chapecó.

 

 

Loja mais animada: Padre Roma nº 16, de São José.

O Irmão Paulo Cesar Bernardi, Presidente da Comissão Organizadora deste evento, agradeceu a todos pela participação, contou uma pouco da história da organização e ressaltou o apoio de todos os Irmãos e cunhadas que ajudaram tornar realidade o evento.

O Irmão Paulo Bernardi destacou a parceria com o Irmão Irmão Aníbal Marques da Silva Filho, Venerável Mestre da Loja Eduardo Teixeira II nº 80, que foi incansável em todos os momentos, e em seu nome agradeceu a todos que participaram da organização.

Irmãos e Cunhadas da Comissão Organizadora do 53º Encontro do Dia do Maçom.

O Irmão Flávio Rogério Pereira Graff fez considerações sobre o evento realizado, destacando que o empenho e a dedicação dos Irmãos resultou na beleza, no aconchego e na convivência fraternidade, que é o objetivo maior deste encontro. Parabenizou a Comissão Organização e pediu uma calorosa salva de palmas em demonstração do reconhecimento pelos momentos inesquecíveis vividos nesses dias. Por fim, comandou a transição entre o 53º Encontro do Dia do Maçom e o 54º Encontro do Dia do Maçom, que acontecerá nos dias 18 e 19 de agosto de 2023, na cidade de Criciúma.

A seguir, vídeo deste momento:

 

 

 

 

 

 

 

 

error: Este conteúdo está protegido. É proibido a sua cópia.