21208436046_d12b3d233a_z

Foi realizada no dia 7 de setembro, no Templo da Grande Loja de Santa Catarina, a Sessão Pública Comemorativa ao Dia da Independência do Brasil. Cerca de 800 Irmãos, cunhadas, sobrinhos e convidados atenderam ao chamado dos Grão-Mestres João Eduardo Noal Berbigier, da Grande Loja de Santa Catarina; e João Paulo Sventnickas, do Grande Oriente de Santa Catarina; e participaram desta histórica Sessão Pública, que contou com a palestra “Corrupção e Educação do Caráter”, do jornalista e psicólogo Luiz Carlos Prates.

20614081233_69873f36af_z

Entre inúmeras autoridades que se fizeram presentes, destacamos:

Da Grande Loja de Santa Catarina

  • Irmão João Eduardo Noal Berbigier, Grão-Mestre
  • Flávio Rogério Pereira Graff, Deputado do Grão-Mestre
  • Irmão Airton Edmundo Alves, Ex Grão-Mestre
  • Irmão Wilson Filomeno, Ex-Grão-Mestre

Do Grande Oriente de Santa Catarina

  • Irmão João Paulo Sventnickas, Grão-Mestre
  • Irmão José Roberto Spósito, Soberano Grande Comendador do Rito Escocês Antigo e Aceito
  • Irmão Édison Carlos Ortiga, Mui Humilde Grande Inspetor e Patriarca de Sublime Grande Capítulo Adonhiramita
  • Irmão Messias Antonio Dores Bastos, Grão-Mestre Adjunto Honorário
  • Irmão Miguel Christakis, Grão-Mestre Honorário

Autoridades civis, militares e personalidades

  • Dr. César Augusto Grubba, Secretário Estadual de Segurança Pública, representando o Exmo. Sr. João Raimundo Colombo, Governador do Estado de Santa Catarina
  • Desembargador Getúlio Corrêa, representando o Desembargador Nelson Juliano Schaefer Martins, Presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina
  • Deputado Estadual Dr. Vicente Caropreso, representando o Deputado Estadual Gelson Merísio, Presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina
  • Coronel Pedro Antonio da Silveira, representando o Cel. BM Onir Mocellin, Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina
  • Coronel PM Paulo Henrique Hemm, Comandante Geral da Polícia Militar de Santa Catarina
  • General de Brigada Richard Fernandez Nunes, Comandante da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército Brasileiro
  • Major Intendente Rodrigo Antonio Silveira do Santos, representando o Coronel Aviador Sandro Francalacci de Castro Faria, Comandante da Base Aérea de Florianópolis
  • Irmão Ênio Gomes, representando o Irmão Francisco Vady Nozar Melo, Presidente da Diretoria Executiva da Fundação Hermon, Irmão Francisco Vady Nozar Melo
  • Sr. Luiz Carlos Prates, jornalista, psicólogo e palestrante
21234811555_c285f0ec25_z

Da esquerda para a direita, Os Irmãos: Desembargador Getúlio Corrêa, representando o Desembargador Nelson Juliano Schaefer Martins, Presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina; Dr. César Augusto Grubba, Secretário Estadual de Segurança Pública, representando o Exmo. Sr. João Raimundo Colombo, Governador do Estado de Santa Catarina; Flávio Rogério Pereira Graff, Deputado do Grão-Mestre e Venerável Mestre desta Sessão; João Eduardo Noal Berbigier, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina; João Paulo Sventnickas, Grão-Mestre do Grande Oriente de Santa Catarina; e Deputado Estadual Dr. Vicente Caropreso, representando o Deputado Estadual Gelson Merísio, Presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

A direção dos trabalhos ficou a cargo do Venerável Mestre Irmão Flávio Rogério Pereira Graff, Deputado do Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina; do 1º Vigilante Irmão Sérgio Martinho Nerbass, Grão-Mestre Adjunto do Grande Oriente de Santa Catarina; e do 2º Vigilante Irmão José Mondardo, 2º Grande Vigilante da Grande  Loja de Santa Catarina.

20613768263_6c72e02c58_z

A noite foi abrilhantada com a excelente palestra “Corrupção e Educação do Caráter” ministrada pelo jornalista e psicólogo Luiz Carlos Prates.

Ele começou a palestra dizendo que “o dia 7 de setembro é uma data de aniversário e por isso uma data festiva. Observou que faz tempo que prega a revolução cultural, que é a revolução dos costumes. E esta revolução dos costumes passa, obviamente, pela grande discussão em torno do caráter, que é a instância moral da personalidade. Digo e insisto que irei continuar tentando tirar aquela corda que separa o povo dos que desfilam no 7 de setembro. Os que desfilam também são povo. Mas nós precisamos transformar o dia 7 de setembro numa confraternização, numa festa de celebração do aniversário da pátria. Rui Barbosa costumava dizer multiplicai a família e tereis a pátria. Então a pátria é constituída pela multiplicação das famílias. Consequentemente todos tem responsabilidades pelo o que acontece.

Prates comentou que “faz parte da cidadania de todos nós a informação. Porque pela informação vamos nos tornar mais competitivos no exercício da cidadania.” Desta forma ele destacou durante a sua palestra várias manchetes de jornais brasileiros dos últimos dias sobre o momento que estamos passando e após citar cada uma delas, teceu comentários mostrando os vários lados da mesma notícia.

Para finalizar, Luiz Carlos Prates disse que “temos muito a que agradecer depois do exame de consciência da cidadania. Nossa liberdade, nossa família, nosso trabalho, nossa escola. Neste país de 8.500.000 km², não é possível que nós temos todas as riquezas de que o planeta precisa para continuar gerando por milênios, não é possível que estejamos endividados. O mundo está de olho nas nossas riquezas. O que está faltando? Gerenciamento. E este gerenciamento transita pela nossa vontade. Então, potencialmente temos todas as riquezas de que precisamos para a soberania e para a felicidade. Façamos um exame de consciência, assumamos a responsabilidade pessoal, entendamos que na multiplicação da família está a pátria. Então, agradecemos a Deus, por essas que são as grandes bem aventuranças que formam o bolo da felicidade. O fermento da felicidade, que é a liberdade, a família, a escola, o trabalho, este país e tudo mais. Feito esse exame de consciência, constatadas essas graças de que somos usufruidores, digamos ao nosso Deus o nosso agradecimento. Porque gratidão é uma característica das almas elevadas, das almas iluminadas. Sermos gratos. Gratos ao pai e a mãe, gratos aos professores, gratos aos colegas, aos subalternos, aos superiores hierárquicos, gratos a lua que nos encanta a noite, ao sol que nos aquece o corpo, a Deus que nos dá o sopro da vida. Então, diante deste reconhecimento que é o resultado do exame de consciência de cidadania, encerrando a celebração da pátria, esta festa de aniversário que é de todos nós, digamos ao nosso Deus na altissonante oração da noite, mas no silêncio da alcova, que é maravilhoso Senhor ter os braços perfeitos quando há tantos mutilados, minha voz que canta quando outras emudecem, meus olhos que enxergam quando tantos não tem luz, minhas mãos que trabalham quando tantas mendigam. É maravilhoso Senhor ter um lar, uma família que me acolhe, protege e ama, quando tantos não tem para onde ir. É maravilhoso sorrir, sonhar, amar, viver, quando tantos choram, odeiam, revoltam em pesadelos e morrem sem viver. É maravilhoso, Senhor, ter um Deus para crer quando tantos não conhecem o significado da fé, É maravilhoso, Senhor, ter tão pouco para Te pedir e tanto para Te agradecer. Como eu vos agradeço, meus queridos e educados amigos. Obrigado e viva 7 de setembro!”

21208595666_c99c4d5d04_z

Ao final da palestra, os Grão-Mestres João Eduardo Noal Berbigier, da Grande Loja de Santa Catarina e João Paulo Sventnickas, do Grande Oriente de Santa Catarina, entregaram uma placa e um mimo ao palestrante Luiz Carlos Prates em agradecimento bela brilhante explanação dada nesta noite.

20612137164_d21fa32245_z

A cunhada Maria Anita Jardim Berbigier, esposa do Irmão João Eduardo Noal Berbigier, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina, entrega um buquê de flôres para a Sra. Sheila Prates, filha do palestrante Luiz Carlos Prates, que no ato representa a Sra. Ieda Prates, sua mãe.

21234816025_0e87855bf5_z

Posteriormente, o Irmão João Eduardo Berbigier, Grão-Mestre da Grande Loja de Santa Catarina, falando em nome também do Grande Oriente de Santa Catarina disse que “este é mais um daqueles momentos inesquecíveis da nossa jornada maçônica. Agradeço a todos por terem escolhido e decidido estar conosco nesta noite. Deveríamos estar comemorando esta data importantíssima para o nosso país, mas infelizmente a Grande Loja de Santa Catarina está de luto pelo passamento ao Oriente Eterno do Irmão Aquiles Garcia. Um homem que foi tudo aquilo o que foi dito nesta noite em termos de caráter, patriotismo, cidadania e de compromisso consigo e com a sociedade. A Maçonaria no Brasil perdeu um de seus maiores expoentes, um homem de inteligência ímpar e de uma memória fabulosa. Era capaz de falar por horas, citando nomes e datas sem recorrer a um único pedaço de papel. Estamos sentidos, mas também estamos recompensados porque o fato de dedicar a ele essa cerimônia, certamente é o mínimo que poderíamos fazer para um homem que viveu a nossa Maçonaria de forma tão intensa, de forma tão comprometida e de maneira tão exemplar.  Agradeço aos nossos jovens das entidades paramaçônicas DeMoley, Bethel e Arco-íris, onde esse trabalho de educação do caráter visa precisamente essa juventude. E quando apoiamos essas entidades, nós estamos plantando sementes que se frutificarão. Não temos dúvida alguma disso. Este é um trabalho que devemos nos envolver cada vez mais. Não cabe omissão quando se trata de educação. Se todos lembram os diálogos iniciais que precederam a palestra desta noite, compreenderam a profundidade e a riqueza do ensinamento maçônico a cerca dos seus valores morais, da exigência da postura ética e a permanência a respeito do correr do tempo precisamente destes valores que devem ser o norte de nossa jornada. Por essa razão é que nós não temos a pretensão de ensinar coisa alguma aos Maçons. O que nós fizemos nesta noite tão provocativa foi apenas e tão somente fortalecer as nossas convicções. Foi-se o tempo em que os Maçons tinham que trabalhar escondidos nos porões e sótãos de maneira dissimulada com medo da tirania ou da opressão. Felizmente vivemos numa democracia. Felizmente podemos dizer sou Maçom sim, com muito orgulho. A sociedade espera por isso e nós não podemos nos furtar de dar a sociedade a resposta que ela tanto procura. Estamos particularmente engrandecidos porque nesta noite, numa segunda-feira, no final de um feriadão, nós quase chegamos a conclusão de que aqui ficou pequeno (se referindo ao tamanho do Templo). Muito obrigado por terem respondido ao nosso convite. Por terem prestigiado este evento que nos dá energia, que nos dá ânimo e que nos faz acreditar cada vez mais. Como disse o nosso palestrante, nós estamos na contramão, mas na contramão certa desse Brasil que parece sem rumo, mas que tem conserto sim e em curtíssimo prazo, se nós decidirmos trabalhar. Sebastião Camargo, no livro O Despertar da Consciência – do Átomo ao Anjo, traduz um conceito de felicidade. Ele diz que só é feliz quem é livre e só é livre quem assume responsabilidades. Pois bem, qual é o desideratum da nossa instituição, da Maçonaria? Tornar feliz a humanidade. E como é que nos poderemos dar cabo desta grandiosa missão. Primeiro aprendendo o que é ser feliz. Dando valor ao ser, acima de tudo. Exercitarmos a liberdade que nos é concedida pelo Grande Arquiteto do Universo. Não permitindo que a tirania volte a imperar. Mas ao mesmo tempo em que exercemos essa liberdade assumimos a responsabilidade. E temos que assumir responsabilidades, sim. Não há mais espaço para omissões. Não há tempo a perder. Vamos, meus queridos Irmãos, fazer jus ao grito de Independência proclamado a 193 anos. Sejamos os artífices da nossa efetiva independência, com soberania, com liberdade e consciência. Vamos difundir a moral Maçônica aonde quer que seja, sem receio porque ela é o retrato da verdade e contra a verdade nada pode. Façamos das nossa Lojas caixas de ressonância. Façamos das nossas mãos os instrumentos de trabalho desta nova sociedade. Sejamos o exemplo que o Maçom deve ser para justificar os aventais que vestimos, honrando o privilégio de termos sido escolhidos para uma missão tão dignificante. Elevemos os nossos espíritos, quaisquer que sejam as nossas crenças e fés. Aproximemos do Grande Arquiteto do Universo na certeza de que não nos faltarão o conforto, a segurança e o prêmio de vermos os sorrisos daqueles que nos cercam, daqueles com os quais convivemos. Estaremos plantando, estaremos colhendo e usufruindo o dom da vida. Queridos Irmãos, cunhadas, sobrinhos, sobrinhas e convidados, obrigado por estarem aqui. Obrigado por alimentarem os nossos sonhos e ajudem-nos a perseverar, ajudem-nos a não desistir, ajudem-nos a resistir. Sr. Luiz Carlos Prates, obrigado por vossa manifestação e esperamos que o  seu primeiro contato com a nossa Instituição Maçônica lhe tenha sido favorável e que nós possamos contar com a vossa perspicácia, a vossa influência salutar dos costumes para nos ajudar a difundir os nossos valores, os nossos pensamentos e as nossas ações. Que o Grande Arquiteto do Universo a todos nós ilumine e guarde, e que a paz e a concórdia continue sendo nossas fiéis companheiras.”

21046874058_f3504c2caa_z

Antes do término da Sessão Pública Comemorativa ao Dia da Independência do Brasil, o Irmão Alexandre Cardoso, da Grande Loja de Santa Catarina, fez uma emocionante saudação a Bandeira do Brasil.

Após a Sessão foi oferecido um coquetel a todos os presentes.

A seguir mais fotos que ilustram esta noite:

001

002

003

004

005

006

007

008

009

010

011

012

013

014

015

016

016a

016aa

016b

016c

016d

016dd

016ddd

016e

017

018

019

020

021

022

024

025

026

027

028

029

030

031

032

033

034

035

036

037

037a

038

039

040

040a

040b

041

042

042a

043

044

044a

044aa

045

046

046a

046aa

046b

047

047a

047aa

047aaaa

047b

047c

047d

047dd

047ddd

047e

047eee

047f

048

049

050

051

052

053

054

055

056

057

058

059

Foto-10-09-15-16-23-10

Foto-10-09-15-16-23-14

Foto-10-09-15-16-23-17

Foto-10-09-15-16-23-19

Foto-10-09-15-16-23-22

Foto-10-09-15-16-23-25

Foto-10-09-15-16-23-30

Foto-10-09-15-16-23-33

Foto-10-09-15-16-23-35

Foto-10-09-15-16-23-38

Foto-10-09-15-16-23-40

Foto-10-09-15-16-23-42

Foto-10-09-15-16-23-47

Foto-10-09-15-16-23-55

Foto-10-09-15-16-23-58

Foto-10-09-15-16-24-00

Foto-10-09-15-16-24-03

Foto-10-09-15-16-24-06

error: Este conteúdo está protegido. É proibido a sua cópia.